Karim Siebeneicher Brito

Karim Siebeneicher Brito


karimbrito@yahoo.com.br
Colunas
O ditado cerâmico acima é uma passagem da história “As Mil e Uma Horas de Asterix”, o herói gaulês da série em quadrinhos criada na França por Albert Uderzo e René Goscinny. Nele vemos a referência feita entre o verbo “azulejar” e a cor azul do céu. Mas será que a palavra “azulejo” vem de “azul”? O estudo da etimologia, ou da origem e da evolução das palavras, é fascinante! Vejam o sucesso que fazem as obras do Professor Deonísio da Silva e o Guia dos Curiosos, de Marcelo Duarte. Para mim, que decidi aprofundar-me em outras áreas, o estudo da etimologia é [...]
Assinado em 1990 pelos países membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa tem como objetivo a padronização da língua portuguesa na escrita.Os países que compõem a CPLP são: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, e Timor-Leste. Sendo a terceira língua ocidental mais falada, após o inglês e o espanhol, grafias diferentes do português acabam por atrapalhar sua divulgação e seu uso em eventos internacionais. Além disso, a unificação deverá facilitar a definição [...]
As coisas recebem seus nomes arbitrariamente, somos ensinados. É por isso que ninguém se importa que uma agenda não se chame “marcadeira”, ou que um carro não se chame “tomba”, por exemplo; não há lógica e não importa. Mesmo as onomatopeias, que seriam motivadas pelos sons que representam, são diferentes de língua para língua; todo mundo sabe que os cachorros latem “Au-au” em português, “Wau-wau” (pronuncia-se vau-vau) em alemão e “Woof” em inglês. Então por que existem palavras bonitas e palavras feias? Feio, de acordo com o Dicionário Priberan, é o que [...]

Carregando...