Vitor

Vitor


victor.marcos@jornalcaicara.com.br
Colunas
Fim de ano é sempre a mesma coisa. Confraternizações (muitas vezes entre pessoas que passam o ano inteiro à base de “bom dia” e “boa tarde”), corridas às lojas para as tradicionais compras de presentes, ceia farta, amigo secreto, e promessas para o próximo calendário. Aconteça o que acontecer, o roteiro é o mesmo. Não há crise econômica capaz de alterar o gosto dos seres humanos pelos inúteis e irritantes fogos de artifício ou pela mania de fazer planos nascidos para não serem cumpridos. Eu, o leitor assíduo desta coluna bem o sabe, não compartilho do mesmo gosto. [...]
14 É realmente difícil acreditar que ainda existam pessoas que afirmem, em público, que não existe racismo no Brasil. Tal ideia demonstra uma ignorância tão completa da história do país e de suas consequências em nosso cotidiano que, na maioria das vezes, quando ouço tal afirmação apenas me limito a fazer um gesto de contragosto e a seguir com a vida. Afinal, ainda vivemos em uma democracia na qual cada um tem o direito de dizer o que bem entender. O problema, contudo, é que quanto mais ignoramos afirmações do tipo mais reforçamos a sensação de que as mesmas são verdadeiras [...]
Acabou. Eis uma palavra tão simples quanto misteriosa. “Acabou”. Com ela um misto de sentimentos emerge do íntimo do ser pasmo que não mais sabe o que dizer e o que escrever. “Acabou”. Signo do fim das lutas, das pugnas, das ansiedades, das surpresas. Reflexo do aquietamento do campo de batalha, do esgotamento dos troféus, do fim dos debates, do encerramento do espetáculo brutal da disputa pelo futuro. “Acabou”. Palavra ainda mais lúgubre quando acompanhada de outra: “silêncio”. Não que esta ausência de som seja real. Por sobre os que permanecem inertes, absortos em [...]

Carregando...