A Cúmplice

A Cúmplice

5 de agosto de 2009 // 0 Comments

Há muitos anos atrás, quando eu era ainda menino, Juca Chaves veio à cidade para um show e eu o conheci na Rádio Colméia, uma vez que meus tios Lulu e René Augusto lá trabalhavam. Anos depois, na década de 70, eu já adolescente, ouvi uma bela canção de Juca Chaves que dizia mais ou menos isso: “Eu quero uma mulher que seja minha amiga, amante, confidente a cúmplice de tudo que eu fizer a mais. No corpo tenha o Sol, no coração a Lua, a pele cor de sonho, as formas de maçãs, a [...]

Caros leitores

7 de maio de 2009 // 0 Comments

Dias atrás recebi um e mail bacana de minha amiga Carmem Camargo. Ele, o e mail, falava de filhos e a certa altura, já em seu final, dizia que aprendemos a ser filhos depois que formos pais e que só aprendemos a ser pais depois que formos avós. Interessante reflexão. Se pensarmos bem ela é bastante verdadeira. Porque quando somos filhos, na maioria das vezes, não entendemos nossos pais e só o faremos, plenamente, quando também formos pais. Da mesma forma, só aprendemos a ser pais, [...]

A Música do Acaso

19 de abril de 2009 // 0 Comments

       Um dos mais significativos escritores em língua inglesa, da atualidade, é o americano Paul Auster, autor de uma vasta obra literária iniciada em 1990, com Palácio da Lua. Aproprio-me aqui do título de seu segundo livro, A Música do Acaso (1992), para tecer uma crônica na qual uma rede de acasos, tendo como fio condutor a música, me ligou a algumas pessoas ao longo de minha vida e continua a fazê-lo. Desde muito garoto comecei a me interessar por música. Minha família [...]

Outro professor brilhante, outro grande amigo

14 de abril de 2009 // 0 Comments

  Conheci Valmir de França em 1974, quando fui seu aluno no Colégio Túlio de França. Valmir era meu professor de Física e em sua última aula do ano, premiou o melhor aluno com um mapa e algumas outras coisas relacionadas à Física. O vencedor foi meu inseparável amigo de infância, Paulo Murara, que morava na esquina da minha quadra na Rua Barão do Cerro Azul. Paulo havia tirado quatro 10, e, portanto, totalizara 40 pontos, obtendo como disse a melhor média da turma. Valmir [...]

Um professor brilhante, um intelectual como poucos

29 de março de 2009 // 0 Comments

Conheci Almir Rosa no final dos anos 70, ocasião em que ele ocupava o cargo de diretor da FAFI. Em minha adolescência havia sido amigo de sua irmã, Neusa Rosa, a Neusinha, que estudara comigo no Colégio São José. Em 1980, Almir era diretor da FAFI, e, eu era assessor de imprensa do então prefeito Gilberto Brittes e respondia, informalmente, pelos assuntos culturais da Prefeitura de União da Vitória que na época era, seguidamente, contemplada e incluída em inúmeros projetos culturais [...]

Existem cadeiras que nunca ficam vazias

26 de março de 2009 // 0 Comments

Para falar de um de meus mais emblemáticos e importantes amigos, me reporto a uma crônica que escrevi a seu respeito em 2002. Era, mais ou menos 5 horas, de mais uma tarde cinzenta do início de agosto, quando recebemos na redação de Caiçara a visita do mestre Isael Pastuch. No sábado seguinte ele iria para Curitiba para submeter-se a aplicações de quimioterapia e nos visitava para bater um papo e despedir-se. Como em outras vezes, trouxe-me um livro, o genial tratado de estratégias [...]

Caros amigos

19 de março de 2009 // 0 Comments

Ao longo da vida vamos colhendo alguns bons amigos, aqueles inestimáveis, que podemos até não ver por uma longa data, mas quando os reencontramos, a afinidade permanece, a intimidade está preservada. São raros, mas existem. Há também os maus amigos. Os amigos da onça. E é claro que nunca foram amigos, foram pseudo-amigos, que durante algum tempo nos deram a sensação de que eram nossos amigos, mas esses seres na verdade são apenas amigos de si próprios, se é que o são. Esses, [...]
1 5 6 7
Carregando...