A conveniência da insanidade

A conveniência da insanidade

9 de setembro de 2017 // 0 Comments

  Sempre é mais interessante concordar com o tolo do que desafia-lo. Nos últimos seis anos acreditava que tinha visto minha cota de loucura desenfreada assistindo às seis temporadas de American Horror Story. O horror-drama criado por Ryan Murphy e Brad Falchuk ultrapassa qualquer tentativa de lógica e de sanidade. Em uma mixórdia efervescente, topamos com o delírio humano, seres diabólicos, mortos que se recusam a aceitar que estão mortos, maníacos de todas as espécies e a [...]

A Klan e os balcões

25 de agosto de 2017 // 0 Comments

A mesmice só não impressiona quem a admira. Comecei o dia naquele estilo. Em um balcão, discutiam sobre o tema preferido: a vida alheia. Fiquei ali, olhando para meus pés, dialogando e os amaldiçoando por me levarem até lá. Fiz o que tinha que fazer, e na hora que agradecia aos deuses por permitirem me jogar dali, desejaram que eu tivesse um bom dia. Eles são broncos demais. Não perceberam que eu não estava ali há muito tempo. Talvez esse seja o principal motivo que me leva às [...]

Escondidos entre as teclas

19 de agosto de 2017 // 0 Comments

Sempre procuro ler o que os outros escrevem. Como já registrei antes, cheguei ao cúmulo de ler até o que o Donald Trump escreve no Twitter. Mas assim como comecei, parei. Tá bem, até leio uma vez ou outra. Mas só quando ainda há espaço no depósito de excrementos da minha cachola. Sabe como é, coisas muito parecidas não podem se misturar. Vai que a reação em cadeia é irreversível? Leio porque tenho curiosidade. Acredito que esse é o ponto-chave para devorar as linhas. Antes era [...]

Tiras de um cretino

11 de agosto de 2017 // 0 Comments

Tem horas que me pego pensando em Donald Trump. Vamos redefinir: me pego pensando no que ele diz. O cara acorda a nação com declarações atômicas em seu Twiter. Começou o jogo com o gordinho babão da Coreia do Norte. Acho que podemos ganhar uma grana com isso. Montamos uma banca – clandestina, off course – e apostaremos em quem fala mais merda, ele ou o adiposo comunista. Páreo dificílimo. Depois, quando usarem seus brinquedinhos atômicos, vamos iniciar outra disputa: quem será o [...]

Canseira

29 de julho de 2017 // 0 Comments

As velhas bobagens preciosistas continuam sendo as velhas bobagens. Tem pessoas que tornam motivos que os movem em um folhetim enfadonho, grosseiro. E o que desejam é tão consistente quanto uma casquinha de sorvete molhada. Tudo bem. Poderia ser bem pior. Eles poderiam jogar cerveja na cesta de lixo em chamas. Pouco importa o que as pessoas fazem para alimentar a alma. Acho que é uma questão do que fazer para se proteger contra a morte em vida. Nem seria o caso de alimentar coisa alguma. Se [...]

Perguntas e respostas

14 de julho de 2017 // 0 Comments

Os juízes condenam, os bandidos libertam. Fui puxado pelo rabo logo cedo por um colega de profissão das antigas. Veio com um questionário de perguntinhas (aquelas que geralmente nos faz correr) para um trabalho de variedades de uma futura edição. A cavaqueira embandeirou para os seguintes pontos: a função social do escritor, como escrever um texto capaz de atingir os 3 % (proporção de leitores diários no Brasil) e, baseado no filósofo Roland Barthes – que acreditava que cada [...]

O lugar certo

7 de julho de 2017 // 0 Comments

Os ventos aceleram e muitas coisas ficam estagnadas. Existem pessoas que podem sentar no topo de uma montanha para meditar por décadas que nada vai mudar. Todos tem a chance de mudar a si mesmo para ser mais aceitável (para si mesmo). Só que isto pode estar errado. Mudar, para muitos, significa algo muito difícil. Então, para que perder tempo em pensar ao contrário? Kierkegaard, o cara da célebre filosofia “Enfio o dedo na existência – não tem cheiro de nada. Onde estou?” – [...]

A Justiça e seus cafetões

23 de junho de 2017 // 0 Comments

Um covil se faz com seus lobos e sua matilha. Sempre que acordo com as notícias desta terra em que dizem ter parido Deus, fico reduzido a uma pasta demencial. Não consigo reagir na mesma hora. Fico pensando quilos e litros e o epílogo é sempre o mesmo: não vejo saída. O Brasil é o país dos bandidos que mandam e desmandam na Justiça. Essa senhora, que foi a esperança de alguns, agora anda com a coleira da vergonha e lingerie de couro aguardando sua próxima prostituição. Quando [...]

Estabilidade

16 de junho de 2017 // 0 Comments

Em um futuro não muito distante, o Reino da Banânia será citado como “O lugar em que tudo era feito pela estabilidade”. Aqui funciona assim: Gilmar Mendes julgou pela responsabilidade do judiciário, e não pela gravidade dos fatos. Ele e sua turma ignoraram as provas da ilegalidade da chapa Dilma- Temer pela estabilidade política. A fragilidade dos argumentos foi o contraponto perante provas massacrantes. Foi um julgamento político, mas justificado pela estabilidade do país. Não [...]

Vaporização

9 de junho de 2017 // 0 Comments

Os brasileiros acreditam naquilo que lhes é dito para acreditarem. Quando tirei umas semanas de férias do Brasil, imaginei que quando retornasse à realidade o país poderia estar um pouco mais esculhambado, principalmente pela velocidade das revelações da podridão tupiniquim. Mas nem mesmo se eu fosse descendente de Nostradamus conseguiria imaginar o furdunço em que o país adernou mais ainda nas últimas semanas. Michelzinho Temer, o cara que não foi eleito por mim, surgiu como uma [...]
1 2 3 6
Carregando...