O som é o mesmo, mas a escrita é diferente

O som é o mesmo, mas a escrita é diferente

16 de dezembro de 2017 // 0 Comments

A frase: “Concertam-se autofalantes” apresenta dois erros de grafia que acontecem pelo mesmo motivo: confundem-se palavras que são pronunciadas da mesma maneira e escritas de forma diferente. O “concerto” é de música, e o “conserto” é o reparo; “auto” é prefixo que exprime a noção “de si próprio”, e “alto” indica elevação ou força. Originário do grego homophônos – homo (igual, semelhante) + phônê(som), o termo homófono indica palavras que, como as [...]

As cores da língua portuguesa

3 de dezembro de 2017 // 0 Comments

Neste final de ano circula nos grupos de WhatsApp a seguinte piada: “Já passaram o setembro amarelo, o outubro rosa e o novembro azul; estou morrendo de medo de chegar o janeiro vermelho com todas aquelas contas pra pagar…”. É sabido que os três primeiros exemplos referem-se a grandes campanhas nacionais de prevenção, respectivamente: ao suicídio, ao câncer de mama e ao câncer de próstata; a brincadeira fica por conta da relação entre o mês de janeiro, quando vencem [...]

Questões de Preposição

24 de novembro de 2017 // 0 Comments

As seguintes expressões, apesar de parecidas, têm sentido contrário: “ao encontro de” e “de encontro a”. -Ao encontro de significa “em concordância com”. Se digo que minhas ideias vão ao encontro das suas, quer dizer que elas estão de acordo com as suas, que concordamos sobre o assunto. – De encontro a significa “contrário a”. Se minhas ideias vão de encontro às suas, isso quer dizer que nossas ideias são contrárias, se chocam. O que determina o sentido, nesse [...]

Uma viagem pelo mundo nas asas de uma borboleta

18 de novembro de 2017 // 0 Comments

Sei que, como eu, muitas pessoas se encantam com as palavras. Há tantas coisas curiosas sobre elas! Passearemos hoje por diversos lugares, sons e grafias, a bordo de um mesmo significado: BORBOLETA. Rudolf Steiner, criador da Antroposofia, disse que: “as borboletas são flores que se desprenderam da terra e as flores são borboletas que a terra apreendeu…” Seja como for, as flores marcam a primavera e as borboletas são seu símbolo maior. E Frederick Clarkson, jornalista americano, [...]

Nem mais, nem menos

10 de novembro de 2017 // 0 Comments

Após o exame de visão, receita na mão, é preciso ir à ótica comprar ou encomendar um… óculos? Um par de óculos? Ou será um óculo? Tão simples, tão cotidiano, e mesmo assim ficamos em dúvida. Considerando a correção gramatical, a palavra usa-se sempre no plural; portanto: “Comprei óculos, estes são meus óculos”. Essa é a regra vigente. “Óculos” é representante de um tipo de substantivo classificado como plurale tantum, expressão latina que significa “apenas [...]

Palavras e tabu: Os riscos do politicamente correto

27 de outubro de 2017 // 0 Comments

O tabu linguístico faz parte do patrimônio cultural dos povos. A proibição, ou não aceitação, de dizer algo permeia a vida em sociedade e as relações que se constroem e se mantêm entre os indivíduos. Palavras e expressões tornam-se tabus por serem associadas a ações e ideias que são condenadas e censuradas. Trata-se não somente de palavrões ou xingamentos, mas também de termos considerados desagradáveis. É comum o médico evitar o termo “lepra” e usar ao invés dele [...]

Pronúncia correta

20 de outubro de 2017 // 0 Comments

A pronúncia das palavras de uma língua pode variar, sendo que são aceitas diferentes pronúncias em diferentes lugares e situações. Nós paranaenses sabemos que pronunciamos o R final da sílaba, como em “porta”, assim como o S, o E e o O finais diferentemente dos paulistas e cariocas, por exemplo; ou que o sulista muitas vezes pronuncia o R alveolar no início das palavras, também de forma vibrante, enquanto que mais ao norte do país sua pronúncia é gutural e aspirada. Estilos e [...]

Haver: Verbo Impessoal

8 de outubro de 2017 // 0 Comments

Quem está ouvindo percebe a dúvida de quem fala: “Não havia… haviam… muitas pessoas lá”. É como se soubéssemos que a pessoa que fala pergunta a si mesma: “Como posso deixar o verbo no singular se estou falando de muitas pessoas?” Creio que todos aprendemos na escola que neste caso, no sentido de existir, o verbo haver não tem sujeito. Este, no entanto, é um dos diversos casos de uso da língua portuguesa no qual precisamos de reforço, de tempos em tempos, se temos o [...]

Educação Bilíngue: Porque somente o Português não é mais suficiente

30 de setembro de 2017 // 0 Comments

Eu conversava com meu amigo Gabriel, que levantou a questão do ensino bilíngue como algo novo e que, portanto, ainda não se entende bem como funciona. Neste texto procuro responder a algumas questões envolvendo essa forma de ensino-aprendizagem, que aos poucos se começa a oferecer à comunidade. Por que ensinar também outras línguas? Certamente a condição econômica atual do Brasil não favorece que grande parte dos brasileiros usufrua de viagens internacionais; mesmo assim, a [...]

Aportuguesar ou não? Eis a questão

23 de setembro de 2017 // 0 Comments

A Unespar possui oito câmpus; ou seriam campi? Universidades utilizam as palavras campus (no plural campi) para referir-se às suas unidades descentralizadas. Trata-se de um termo latino, que significa “conjuntos de edifícios e terrenos de uma universidade”. Quanto àsua ortografia, podem-se adotar dois posicionamentos: Considerá-la já incorporada ao nosso idioma, como aconselhado por Domingos Paschoal Cegalla em seu Dicionário de Dificuldades da Língua Portuguesa, ou concebê-la como [...]
1 2 3 4
Carregando...