A direita, a esquerda, e o corte.

Uma banda de Moebius é um objeto unilateral mas se cortada de modo longitudinal produz por sua vez uma fita bilateral. Pouco importa a orientação do corte, se ele se dá da direita para esquerda ou inversamente. Importa que ele seja mediano, que seja operado de modo a constituir uma ruptura tal que o resultado é, embora torcida, uma superfície composta por um lado orientável ‘externo’ e outro ‘interno’. O que acontece se outro corte longitudinal for efetuado? A produção de duas fitas bilaterais entrelaçadas. Não será possível então retornar ao estatuto unilateral original a partir de outros cortes. Mas o entrelaçamento se dará de modo a preservar os dois lados de ambas as fitas, porém, não será possível, sem que se rompam as fitas, que a parte ‘externa’ de uma não passe pelo ‘interior’ da outra, e em um dos casos, por duas vezes. As duas fitas diferenciam-se pela condição de uma delas ser envolvida de tal maneira que se forem esticadas a outra a estrangulará, não sendo possível o mesmo movimento à outra, a qual poderá apenas deslizar por dentro desta argola. É só um movimento de afrouxamento neste ponto que pode levar à obtenção de uma área de circulação extensiva, porém, jamais maior que o equivalente à metade do espaço de um dos lados da outra fita. A fita que produz a argola, se totalmente frouxa, terá a metade do tamanho da outra fita, porque estará envolvida uma vez por ela mesma e entrelaçada através dos dois furos aparentes que produz. No entanto, poderá percorrer toda a extensão da outra fita. Se a esticarmos, a argola que estrangula a fita envolvida por duas vezes tornará o espaço desta restrito à argola, de maneira que o único meio de percorrer a extensão da fita envolvente é no interior desta argola. O único movimento que torna possível percorrer a extensão da fita possuidora da argola é no interior dela mesma, deslocando-a mais adiante ou mais atrás. Trata-se então de um ponto de fixação, freio e deslizamento na interseção de duas superfícies que não pode ser rompido, e que não pode ser percorrido em toda sua extensão senão através deste deslocamento da argola ao longo da fita. Este estrangulamento estanca o movimento de ambas as fitas, no entanto. É digno de atenção que os três cortes em superfícies equivalentes produza condições tão diversas, pela condição de estarem entrelaçadas de modo irreparável por consequência dos próprios cortes, todos operados de modo mediano e longitudinal.

Psicólogo clínico, especialista em Teoria Psicanalítica e em Neuropsicologia. Atende em Caçador e União da Vitória. giuliano.metelski@gmail.com – WhatsApp: (49) 99825-4100 / (42) 99967-1557.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Carregando...