Bola de Capotão, um monumento ao futebol que efetivamente importa

 

Tendo terminado de ler o recente livro publicado por Jair da Silva, Bola de Capotão, é inevitável não me deixar levar por memórias, indagações e pensamentos propostos por este magistral trabalho levado a efeito por um verdadeiro craque das letras, por todos conhecido como Kiko. De fato, trata-se de um livro delicioso! O desfilar de fatos relacionados à história de nosso futebol, o esmero com que os brasões destes esquadrões foram recriados, a narração de acontecimentos inusitados, as palavras daqueles que construíram domingos inesquecíveis nos campos do vale do Iguaçu, torna este um trabalho que, sem qualquer sombra de dúvidas, está destinado a converter-se em leitura obrigatória para todos aqueles que, nas gerações vindouras, se propuserem a escrever a história de nossos conterrâneos. Sim, de nossos conterrâneos, uma vez que o futebol é, para muitos dos brasileiros, o que a religião é para outros tantos povos: um elemento central na definição do caráter e da identidade nacionais.
O intervalo de tempo abrangido por esta obra engloba os anos entre 1921 e 1973. Meio século que compreende, não por acaso, os tempos áureos do esporte bretão em terras brasileiras. São cinco décadas que incluem, em termos nacionais, a entrada dos primeiros jogadores negros nos elencos de Bangu e Vasco da Gama, no Rio de Janeiro, e que terminam na ressaca do tricampeonato mundial no México, a ser seguida da merecida derrota nos campos da Alemanha Ocidental, em 1974. No vale do Iguaçu, Kiko elegeu como marcos temporais a inauguração e extinção da Liga Esportiva Regional do Iguaçu – LERI, recuando alguns anos mais para tratar da fundação de clubes anteriores a esta federação. Como historiador também apaixonado por futebol, devo comentar que não poderia ter havido escolha mais feliz. Conscientemente ou não, Kiko terminou por abordar exatamente o período no qual o futebol teve maior importância entre nós, logrando, finalmente, jogar por terra o sentimento definido por Nélson Rodrigues como “síndrome de vira-latas”. São anos nos quais crianças não perdiam uma oportunidade sequer de jogar sua bolinha nos campos espalhados por nossas cidades ou, quando isso não era possível, nas ruas de asfalto balizadas com chinelos. Tempos nos quais o rádio de pilha se tornou instrumento pessoal obrigatório, pois que se constituía no único meio de ligação com os heróis fardados que a todos representavam nos estádios do país inteiro. Tempos nos quais a camisa amarela unia a todos em torno de um time que efetivamente representava a todos os brasileiros, orgulhando-os de suas conquistas mundo afora. Tempos nos quais o futebol, efetivamente, deixava de ser inglês e, nas palavras de um conhecido cronista europeu, adquiria “tempero brasileiro”. Como muito bem demonstrado por este livro, o movimento não passou despercebido ao vale do Iguaçu.
Neneca, Negão, Buiú, Pelé, Peixinho, Baleia, Mancha, Cacaio, Cafu, Alemão, Esquerdinha, Garrincha, Cafuné. Apenas alguns dos pomposos títulos que, desfilados por gramados distantes, tornavam-se familiares nas peladas de fim de semana das quais todos os meninos – e meninas – eram convidados a participar. Dos campos enlameados para o Morumbi, Maracanã, Pacaembu. Eis o sonho de toda criança que viveu estes anos sobre o solo brasileiro. Sou um pouco posterior à época descrita por Kiko. Meu desfile pelos campinhos de São José do Rio Preto, no estado de São Paulo, se deu entre o fim dos anos 1980 e início dos anos 1990. Anos fundamentais na formação de meu caráter, valores e princípios, necessário reconhecer. Porque, sim, os campinhos formavam caráter, ensinavam valores, exemplificavam princípios. Narro apenas uma passagem de minha “carreira futebolística” a título de exemplo para esta afirmação, na ânsia de emular, ainda que de modo muito imperfeito, ao autor do livro aqui comentado.
No alto de meus onze anos de idade, eu era um goleiro respeitado no bairro. Conhecido pela raça com que me entregava às pelejas, não fugia de divididas, bolas no alto, saídas aos pés dos atacantes que, desrespeitosos, ousavam adentrar minha área e, claro, dos eventuais sopapos e pontapés durante e ao final das partidas. Isso me tornava uma espécie de líder entre os colegas de equipe – ou, ao menos, eu assim imaginava. Mas eis que um dia, campo encharcado pela chuva, em uma partida acirrada com direito a cotoveladas, entradas duras e duas expulsões, uma para cada time, em lance pelo alto em minha área o juiz, nosso professor de Geografia na escola, assinalou pênalti. Era o fim do segundo tempo e, certamente, aquele trinar de apito indicava nossa inapelável derrota, uma vez que o marcador ainda permanecia no teimoso zero a zero. Reclamações acirradas que, em alguns casos, ultrapassou os limites do respeito a nosso mestre em sala de aula. Mais um cartão vermelho. Mais reclamações. Um dos nossos começou a chorar – éramos pré-adolescentes, afinal. Eu, isolado, permanecia embaixo dos paus, calado. Sabia que tinha feito o pênalti. Aquele atacante desavergonhado havia batido nos nossos o jogo inteiro. O escanteio representava o momento da vingança, e meu joelho em suas costas subiu certeiro, duro, dolorido, como seu contorcionismo no chão, naquele instante, bem demonstrava. Eu havia feito o pênalti, mas esperava que ninguém visse. O juiz, contudo, viu. E, seguro, marcou. Não havia que fazer. As reclamações continuavam até o momento em que – surpresa! – nosso outrora impassível professor travestido em árbitro vacilou. Não tinha mais certeza da infração. Pareceu hesitar. Andou para trás. Saiu do bolo e veio até mim, olhar súplice. “Vitor, confio em você, então vou perguntar: você fez pênalti com seu joelho nas costas do Magrelo (eis o apelido do meliante)?” E eu, todos os olhos postos em mim, não titubeei: “fiz sim, professor”. A correria, agora, foi em minha direção. Fui empurrado. Xingado. Creio ter tomado dois tapões na cabeça. E nosso zagueiro me disse algo como “agora você vai pegar esse pênalti, seu gordo imbecil, ou a gente vai te quebrar na pancada!” (tão carinhosas as palavras ditas durante uma partida de futebol, não?) Eu sabia que tinha prejudicado minha equipe ao assumir a responsabilidade pelo ato que cometi. Mas também me lembrava, naquele momento, de meus pais que sempre ensinaram que, não importava o que ocorresse, era preciso sempre se decidir por meus próprios valores e princípios. Eu não tinha outra alternativa. Precisava confirmar a opinião do juiz que, agradecido, confirmou a marcação da penalidade máxima. Passado o tumulto, lembro como se hoje fosse o momento no qual o Magrelo colocou a bola na marca e deu quatro passos para trás (nenhum a mais!). Meus colegas de time me fitavam com olhar de ódio. Para eles estava tudo acabado. Perderíamos a partida e eu apanharia. Isso estava estampado claramente em suas faces. Som de apito. Corrida do magrelo para a bola que, lépida, viajou em direção a meu canto direito. Exatamente meu lado favorito. Tão logo identifiquei a direção, saltei, braços esticados o máximo que eu conseguia. Senti o impacto na luva. Ouvi um barulho seco de metal. Não vi nada, água para todos os lados. Levantei a cabeça. A bola descansava, tranquila, na moita localizada atrás do gol. Eu havia defendido o pênalti! Todos corriam para mim, em festa. Eu havia enfrentado o mundo por meus princípios, e havia vencido. Gostei da sensação. Decidi que sempre que necessário, repetiria o ato. E aqui estou, novamente enfrentando um país inteiro em nome de meus princípios. Aquele pênalti se repete, hoje, em todos os dias de minha vida. Muitas bolas passam por mim e vão morrer no fundo das redes. Algumas poucas consigo defender, novamente. Minhas ações, contudo, permanecem inalteradas. O futebol é uma metáfora para a vida e, como tal, uma excelente escola para o mundo. Kiko nos lembra disso em suas páginas. A ele devo apenas minha gratidão por me permitir lembrar de momentos tão importantes de minha trajetória. Até a próxima!

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


male-enhancement-pills   penis-enlargement-medicine   best-penis-enlargement-pills   male-enhancement-pills-that-work   penis-pills   best-erection-pills   penis-enlarger   penis-enlargment   best-sex-drugs   evermax-pill   penis-enlargements   hard-on-pills-that-work   enhanced-male-pills   male enhancement   penis extender   best male enhancement pills   penis enlargement medicine   best male enhancement   penis stretcher   penis enlargement pills   extenze reviews   penis extenders   sex pills   how to produce more sperm   extenze review   extenze male enhancement   male enhancement pills that work   bathmate results   male enlargement pills   male extra   extenze pills   how to increase semen volume   increase sperm volume   penis pills   volume pills   male enhancement pills that work fast   increase semen volume   bathmate before and after   best penis enlargement pills   male enhancement pill   penis enhancement   penis pump before and after   how to increase sperm volume   best budget penis pumps   enhanced male   best erection pills   bathmate review   best penis pumps   penis traction   how to produce more cum   male enhancement products   3 ways to increase seminal fluid   male enhancement pills over the counter   penis pump results   increase ejaculate   best sex pills   male enhancement reviews   how to produce more semen   dick pills   sex pills for men   penis enlargement pill   how to increase ejaculate volume   how to increase ejaculate   extenze side effects   huge ejaculation   penis enlargement pump   water penis pump   male enhancement supplements   do penis enlargement pills work   increase semen   bath mate   penis pump reviews   penis growth pills   best male enhancement pill   bathmate routine   size genetics   male supplements   male enlargement   male extra reviews   the best male enhancement pills over the counter   how fast does extenze work   how to ejaculate more   extenze results   penile extender   bathmate x30   max performer   best penis extender   bathmate reviews   semen volume   extenze extended release   penis pumps   dick enlargement   how long does it take for extenze to work   dick pumps   penile traction   big loads   best male enhancement pills that work   increase sperm volume pills   extenze pill   best male enlargement pills   male sex pills   penis strecher   home made penis pump   dick extender   cum pills   natural ways to increase seminal fluid   best penis enlargement   penis pump before after   penile traction device   best over the counter male enhancement   over the counter male enhancement pills   male extra review   vigrx plus review   does bathmate work   extenze directions   best penis   penis enlargement pills that work   volume pill   sex pill   male enhancer   increase cum   extenze ingredients   semen volumizer   increase semen production   do male enhancement pills work   enhancement pills   vigrx pills   penis enlargment pills   stamina pills   are penis pumps safe   cock pumps   darren jackson   best natural male enhancement   penis stretchers   best penis enlargement medicine   male enhancement drugs   how to increase sperm thickness   where to buy vigrx plus   best sex pills over the counter   sexual enhancement pills   increase ejaculation   increase cum volume   sexual enhancement   penis enhancers   hard on pills that work   enhancement male pill   extenze ingridients   extenze befor and after   malextra pills   extenz results   penis enlargements pumps   extenze ingredience   male enhancement pills   penis enlargement medicines   volumepills review   penis extender result   extenze ingredient   penis pump review   how to increase ejaculation volume   cock extenders   penis enlargement devices   vigrex tablets   how to increase semen amount   male performance pills   bathmate hydro   how to increase cum load   penis extenders reviews   best male enhancers   how to increase semen production   how to produce more seminal fluid   bathmate x40   male drive max   increase cum load   bathmate before after   volume increaser   produce more sperm   best male enhancement pills over the counter   max load pills   volume pills review   natural male enhancement herbs   delay pills for men last longer   cock stretcher   enhanced male pil   male enhancement pills free trials   penispumps   penis enlargement device   male sexual enhancement   extend pills   sex enhancement pills   all natural male enhancement   long sex pill   best male supplement   extenze maximum strength   do penis pills work   produce more semen   how to produce more seminal fluid naturally   increasing semen volume   penis extenders review   how to increase semen   best male enhancement pills 2019   male enhancement pills reviews   increase ejaculate volume   bathmate hydro pump   increase seminal fluid   natural male enhancement pills   hydro penis pump   vigrx reviews   do penis extenders work   over the counter male enhancement   male enhancements   top male enhancement pills   penis traction device   bathmate pump  

Carregando...