Cidade remoçada aos 50

Ano XIII – Setembro/1967 – Número 163
Porto União é uma cidade linda, capaz de seduzir o visitante mais austero, devido à situação geográfica. Atavia-se com o azul do céu, com a indecisa cor do majestoso Iguaçu, com a luminosidade quente e vibrante do sol tropical nos dias claros de verão. Vaidosa, vive a mirar-se nas águas calmas e profundas do Iguaçu, cantado pelos seus poetas.
Porto União, quando chega o inverno, encolhe-se friorenta e lânguida, suspirando ansiosa pelo sol que faz resplandecer as calçadas, as praças as ruas.
Gosta de futebol e do esporte náutico. Círculo Militar e Balneário Iguaçu. Adora bailes, Clube Concórdia, 25 de Julho e Aliança. O Rádio tem um lugar muito querido no coração de Porto União, Rádio Colmeia.
Não é mística, assiste, no entanto, piedosa a passagem das procissões tradicionais, como a do Corpo de Deus, quando suas ruas são artisticamente enfeitadas de tapetes feitos de serragem colorida. Porto União, que completa cinquenta anos, gosta muito de estudar: Colégio Santos Anjos, Colégio Cid Gonzaga, Colégio São José, Grupo Escolar Balduíno Cardoso. Porto União ora contritamente, Matriz Nossa Senhora das Vitórias, com missas sempre repletas de fiéis. Porto União, bem servido de hospitais e casa de saúde: Hospital São Braz e Casa de Saúde Nazareth Farah. A aniversariante de setembro gosta de cinema: Cines Odeon e Ópera sempre lotados. Durante os dias de carnaval esquece tudo entregando-se ao remelexo sacudido e arrepiado do samba pagão. Nos restantes dias do ano, apresenta-se com as vestes do comerciante, do grande industrial, do funcionário público, do operário, do estudante, do jornalista, do soldado, guarda do sossêgo público, do médico, do enfermeiro, do advogado. De beleza bucólica, simpática, atraente, como se tivesse saído das tintas de Teles Junior, a aniversariante, possui graça e encanto. Vista do alto de um morro de União da Vitória, a “anfitriã” de setembro, que completa cinquenta anos, mais parece um presépio. Começa a aprender o sentido prático da vida, iniciando-se na industrialização, no afã de economizar divisas. E as chaminés das fábricas erguem-se altivas, desafiando os prédios altos, que surgem devagar. Seu maior encanto é o Iguaçu, que no verão escaldante, fica enfeitado de barcos de todos os tipos e tamanhos. O Iguaçu dá a Porto União, encantos e características inconfundíveis. Porto União e seu povo bom e acolhedor, estão de parabéns pela passagem do cinquentenário de sua terra e pela beleza de suas festas oferecidas a esse mesmo povo aos visitantes.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Carregando...