Os vencedores do Oscar

Quando A Forma da Água ganhou o prêmio de melhor filme, o premiado diretor brasileiro Fernando Meirelles escreveu no Twitter que não compreendia mais os americanos. Penso que muitas pessoas ao redor do mundo se sentiram assim. Não apenas porque havia facilmente quatro filmes melhores que o de Del Toro, mas também porque muitas pessoas – entre críticos e leigos – que acharam o filme uma versão filme de monstro de Amelie Poulain, que já não era grande coisa, pra início de conversa. O filme é bonito e emocionante, com figurinos e maquiagem muito bem executados, a utilização da cor é meio exagerada, na minha opinião, mas é ainda um bom filme. Se merecia levar os principais prêmios da noite? Provavelmente não, mas o que é merecimento numa premiação em que o foco maior ainda é o lobby das produtoras? Mudbound – Lágrimas no Mississippi era melhor que pelo menos três filmes indicados a melhor filme e foi relegado a categorias menores. Dunkirk é um primor de Christopher Nolan e só levou os prêmios técnicos. Corra!, de Jordan Peele é a renovação de um cinema cansado, reinventando narrativas de terror misturadas à sátira social. Lady Bird é simplesmente revigorante. E Três Anúncios para um Crime, apesar de cheio de pirotecnias, é um filme bem escrito, magistralmente atuado e honesto. Mereciam mais que A Forma da Água? É possível. Mas no fim, além de lobby, tudo se trata de uma questão de gosto. Abaixo a lista dos premiados nas principais categorias e um conselho: se puder veja o vídeo da Frances McDormand agradecendo o Oscar de melhor atriz.

Melhor filme
A Forma da Água

Melhor diretor/diretora
Guillermo del Toro (A Forma da Água)

Melhor atriz
Frances McDormand (Três Anúncios para um Crime)

Melhor ator
Gary Oldman (O Destino de Uma Nação)

Melhor roteiro original
Jordan Peele (Corra!)

Melhor roteiro adaptado
James Ivory (Me Chame pelo Seu Nome)

Melhor atriz coadjuvante
Allison Janney (Eu, Tonya)

Melhor ator coadjuvante
Sam Rockwell (Três Anúncios para um Crime)

Melhor filme estrangeiro
Uma Mulher Fantástica, de Sebastián Lelio (Chile)
Melhor documentário
Ícaro

Melhor fotografia
Blade Runner 2049

Melhor direção de arte
A Forma da Água

Melhor edição
Dunkirk

Melhor animação
Viva – A Vida É uma Festa

Melhor canção
Remember Me, de Viva – A Vida É uma Festa

Melhor trilha sonora
Alexandre Desplat, de A Forma da Água

Melhores efeitos visuais
Blade Runner 2049

Melhor maquiagem
O Destino de uma Nação

Melhor mixagem de som
Dunkirk

Melhor edição de som
Dunkirk

Melhor curta-metragem:
The Silent Child

Melhor curta de animação
Dear Basketball

Melhor curta documentário
Heaven is a traffic jam on the 405

 

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Carregando...