Uniguaçu Grupo de Estudos em Animais Selvagens

 

O Grupo de Estudos em Animais Selvagens (GEAS) da Uniguaçu existe desde 2015, e, foi criado pelos acadêmicos de Medicina Veterinária, Yuri Alves Ramos e Guilherme Antônio Horn. O grupo é um projeto de extensão que tem como objetivo proporcionar ciclos de palestras, encontros e debates sobre a medicina em animais selvagens e a conservação das espécies.

Os encontros são abertos a todas as pessoas que se interessam pelos assuntos abordados, sendo realizados semanalmente no miniauditório do prédio Francisco Clève. Toda palestra tem por objetivo apresentar novas áreas de conhecimento dentro de um módulo.

Os organizadores fizeram uma parceria com a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) para que professores do curso de Biologia viessem desenvolver atividades e contar suas experiências com relação aos animais selvagens. Os palestrantes são geralmente professores, alunos e ex-alunos da Uniguaçu e da Unespar. Entre os assuntos já abordados estão as espécies exóticas, semiologia, curso prático confecção de dados, entre outros.

“A ideia do projeto surgiu do nosso interesse de ampliar o conhecimento em animais selvagens. Agora criamos um módulo de palestras e cursos, para que haja segmento”, comenta Yuri. Os acadêmicos estão no último ano do curso de Medicina Veterinária e contam que não querem deixar o grupo acabar. “A gente quer continuar o projeto, mas como estamos nos formando teremos que passar a organização para que outros acadêmicos continuem com os trabalhos”, comenta Guilherme.

Na terça-feira, 12, a palestra foi ministrada pelo o professor de Medicina Veterinária da Uniguaçu, Lew Kan Sprenger, que teve sua palestra para o módulo Conservação.

Os acadêmicos também estão desenvolvendo um projeto de pesquisa com monitoramento de animais silvestres atropelados na rodovia PR-447, de União da Vitória até Cruz Machado.

 

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Carregando...