Uniguaçu realiza sétima edição do DNA

O simulado é uma ferramenta eficaz para analisar o desenvolvimento dos acadêmicos durante a graduação e apresenta dados reais e específicos de cada curso

Durante toda a quarta-feira, 9, foi realizada sétima edição do Dia e Noite de Avaliação (DNA). O DNA já faz parte do calendário acadêmico, tornando-se uma ferramenta que traça o perfil do curso, da turma e do aluno, mostrando, após os dados analisados e transformados em relatórios qualitativos, o que é preciso ser realizado para que ocorra uma melhora, ou manutenção, da qualidade do ensino.

A diretora Geral da Uniguaçu, professora Marta Borges Maia, comenta que a Uniguaçu verifica a partir do Simulado como está o andamento das metodologias aplicadas em sala de aula. “A busca pela excelência do ensino superior é constante na Uniguaçu, por isso priorizamos este simulado, que ajuda a manter a qualidade de ensino.”

Novamente, segundo informações preliminares da direção da Uniguaçu, o comparecimento foi bastante expressivo. Aproximadamente 90% dos acadêmicos realizaram a prova na Instituição.

O gabarito oficial sairá na próxima semana e, a partir de junho, os resultados serão apresentados em gráficos aos professores e acadêmicos, e então serão discutidas as melhorias. Lembrando que a partir das respostas da avaliação, é possível analisar cerca de 90 dados, o que influencia nos investimentos em equipamentos, biblioteca e trabalho docente-pedagógico em sala de aula.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Carregando...